CORITIBA 34 VEZES CAMPEÃO PARANAENSE

O pesadelo acabou, ou está apenas começando, já que vem agora a série B. O que vale é que o título paranaense foi o que o Coritiba precisava nesse início de ano, um título vindo de uma campanha quase perfeita, apenas uma derrota e dois empates, e para melhor o título em casa, permitindo uma volta olímpica completa, ao contrario das duas anteriores que foram meia voltas, título derrotando o maior rival regional, o atlético freguês, que entrou novamente de salto alto, arrotando primeira divisão, e fica a pergunta, o Coritiba está com um futebol de primeira, ou o atlético está com um futebol de segunda? Houve um equilíbrio no primeiro tempo, mas no segundo eles dançaram no carrossel alvi verde, temos que agredecer também a muralha Edshow Bastos, impecável o campeonato inteiro, Ariel não fez gol, não por falta de tentar, e teve participação importante em todo jogo, fazendo passes e segurando o freguês lá trás, Marcos Aurelio um dos homens gol do Coxa calou mais uma vez o time lá de baixo, e Geraldo fechou com chave de ouro, deixando a zaga se rastejando atrás dele e fazendo gol. Agora eles dizem que o título é irrelevante, não era até os jogos contra Operário, Paranavaí onde gritava-se “bicampeão”. Enfim o título foi mais importante para o Coxa, não pela quantidade, até porque o Coxa manda no estado, mas para levantar a moral, da torcida e principalmente para os jogadores entrarem com confiança na série B, espero que entendam que confiança é diferente de arrogância e salto alto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: