ONGs: RALO DE DINHEIRO PÚBLICO E POÇO DE CORRUPÇÃO

11 de novembro de 2008

O vídeo encontrado no Youtube é excelente e explica muito bem o que as “ONGs” fazem pelo país, em resumo: absolutamente nada! Não passam de instiruições dependentes do governo, financiadas pelo governo, ou seja, recebem dinheiro do nosso imposto, dos 40% que pagamos para sustentar a vagabundagem em Brasília, ongs que em vez de defender o cidadão de bem e fiscalizar a corrupção defendem bandidos, estupradores, pedófilos, assassinos, traficantes, esses que vitimizam o pagador de impostos, o brasileiro que trabalha e mantém esse país nos trilhos a custa das altas cargas de impostos, ongs que são convinentes a corrupção, até porque é nisso que esses vagabundos hipócritas das ongs se sustentam. Na banania, digo, brasil é fácil ficar rico, você tem várias opções: 1º pedir esmola, como já expliquei em um dos meus tópicos anteriores, pedir esmola pode render mais do que ser estagiário, ou trabalhar em várias funções por ai, talvez até mais do que ser professor, 2º se você gosta de criança tenha vários filhos de pais diferentes pra pegar pensão e viver de bolsa familia, 3º abra uma igreja, 4º funde uma ong, 5º seja político se você souber falar bem em público, ser carismático e for péssimo em português.

Anúncios

MAIS DA EURÁBIA

7 de novembro de 2008

EURABIA E O FIM DA LIBERDADE

7 de novembro de 2008

O continente Europeu está sendo tomado aos poucos pelo islã. A política do politicamente correto, a baixa taxa de natalidade dos cidadãos legitimamente europeus faz com que a população islamica cresca na Europa, que já pode ser chamada de Eurabia, se continuar assim esse será o futuro da Europa, lugar onde o futuro acontece vai andar pra trás, pode virar um lugar que será governado pela religião, por um livro contraditório que foi escrito a milhares de anos atrás, por uma civilização que escraviza suas mulheres, que não permite questionamentos, que alienam suas crianças, que ofendem, agridem, que destroem aqueles que não vão de acordo com suas crenças, uma civilização que não admite questinamentos e que não se pode falar mal, mas eles falam de nós, pior, eles não nos respeitam. O politicamente correto tem que ser deixado de lado e medidas duras devem ser tomadas na Europa, que por enquanto ainda não é toda Eurábia, medidas como na Alemanhã, que você só consegue nacionalidade se você tiver realmente linhagem alemã, mas basta só nascer naquele território, a Espanha a partir de 2009 terá duras regras para imigrantes, a Inglaterra por si só não é um lugar fácil de fazer parte, e agora a França rejeita o uso da burka para mulheres que querem nacionalidade francesa, muitos dizem que é preconceito e que fera a liberdade do indivíduo, em certo ponto está certo, mas essa medida é importante e a vale a recíproca entre os países, afinal se qualquer mulher não islamica for para um país desses terá que usar pelo menos um monte de coisa na cabeça, andar que nem cachorro atrás do parceiro que estiver com ela, enquanto que as islamicas podem andar do jeito que quiserem fora dos paises islamicos. O vídeo acima mostra o caminho perigoso que segue a Europa, e o documentário FITNA, que inclusive eu já postei aqui, mostram muito bem sobre o que eu falo.